Diferença entre Fibra Solúvel e Insolúvel | Diferença Entre | pt.natapa.org

Diferença entre Fibra Solúvel e Insolúvel




Diferença chave: A fibra é uma parte necessária de qualquer dieta. A fibra é dividida em dois tipos principais: fibra solúvel e fibra insolúvel. A principal diferença entre os dois tipos de fibra é realmente indicada em seus próprios nomes; A fibra solúvel é a que se dissolve na água, enquanto a fibra insolúvel não.

É um fato geralmente conhecido que a fibra é uma parte necessária de qualquer dieta. Os seres humanos precisam consumir uma quantidade adequada de fibras para se manterem saudáveis; e muito pouca ou muita fibra pode levar imediatamente a problemas digestivos. Fibra tem muitos benefícios, como ajuda a pessoa a se sentir mais completa, levando a comer menos e consumir menos calorias. No entanto, essa é apenas a ponta do iceberg. A fibra também ajuda na digestão, ao mesmo tempo em que reduz o colesterol, mantém os níveis de açúcar no sangue estáveis, evita a diabetes e a obesidade, facilitando a perda de peso e levando a uma vida mais longa. O que não é amar sobre fibra?

Enquanto a fibra é importante como parte da dieta, isso levanta a questão: qual fibra? A fibra é dividida em dois tipos principais: fibra solúvel e fibra insolúvel. Ambos desempenham um papel importante na digestão e ambos devem ser consumidos regularmente. No entanto, qual é a diferença real entre eles.

A principal diferença entre os dois tipos de fibra é realmente indicada em seus próprios nomes; A fibra solúvel é a que se dissolve na água, enquanto a fibra insolúvel não. No entanto, esta é apenas uma das muitas diferenças entre os dois. Ambos também desempenham diferentes tipos de papéis no processo digestivo.

Como ambos os tipos de fibra não são digeridos, isto é, não são absorvidos durante o processo de digestão, não entram na corrente sanguínea. Assim, eles adicionam zero calorias para a ingestão de calorias, enquanto ainda fazem a pessoa se sentir completa. Eles também têm inúmeros benefícios adicionais, como também podem ajudar a baixar o colesterol, manter o nível de açúcar no sangue estável, facilitar a perda de peso e até mesmo ajudar a pessoa a permanecer viva por mais tempo.

A fibra solúvel se dissolve na água e se transforma em uma substância semelhante a um gel dentro da trilha digestiva. Ele se mistura com a comida e retarda o processo digestivo, fazendo com que uma pessoa fique cheia por mais tempo. Isso também diminui a absorção de glicose no corpo, impedindo, assim, que os níveis de açúcar no sangue subam. A fibra solúvel também reduz o colesterol total e LDL, o que pode reduzir o risco de doença cardiovascular.

Fibra insolúvel, por outro lado, não se dissolve na água, e nem é absorvida dentro do corpo. Ele literalmente passa pela trilha digestiva. No entanto, ao fazê-lo, adicionar volume às fezes, tornando a defecação mais fácil. Também ajuda a aliviar a constipação.

A fibra solúvel é encontrada principalmente em leguminosas, farelo de aveia, cevada, nozes, sementes, feijões, lentilhas, ervilhas e algumas frutas e vegetais. Considerando que, fibra insolúvel é encontrada em alimentos como farelo de trigo, legumes e grãos integrais.

Comparação entre Fibra Solúvel e Insolúvel:

 

Fibra solúvel

Fibra Insolúvel

Descrição

É um tipo de fibra que se dissolve na água. É probiótico e ajuda a melhor absorção de nutrientes.

É um tipo de fibra que não se dissolve na água. Isso ajuda a facilitar a defecação.

Característica principal

Dissolve na água

Não se dissolve na água

Efeito

Atrai a água e forma um gel viscoso durante a digestão

Move-se não afetado pela trilha digestiva

Fermentação

É prontamente fermentado.

Pode ser prebiótico e fermentar metabolicamente no intestino grosso

Benefícios

  • Aumenta o volume de alimentos sem aumentar a contagem de calorias
  • Sentimento Completo
  • Apetite Reduzido
  • Equilibra o pH intestinal
  • Estimula a produção de fermentação intestinal de ácidos graxos de cadeia curta
  • Pode reduzir o risco de câncer colorretal
  • Diminui o esvaziamento do estômago e trânsito intestinal
  • Protege carboidratos de enzimas, retarda a degradação
  • Atrasa a absorção de glicose
  • Diminui a variação nos níveis de açúcar no sangue
  • Diminui o colesterol total e LDL
  • Pode reduzir o risco de doença cardiovascular
  • Aumenta o volume de alimentos sem aumentar a contagem de calorias
  • Sentimento Completo
  • Apetite Reduzido
  • Equilibra o pH intestinal
  • Estimula a produção de fermentação intestinal de ácidos graxos de cadeia curta
  • Pode reduzir o risco de câncer colorretal
  • Regula o açúcar no sangue
  • Pode reduzir os níveis de glicose e insulina em pacientes diabéticos
  • Pode diminuir o risco de diabetes
  • Acelera a passagem de alimentos pelo sistema digestivo
  • Facilita a defecação regular
  • Alivia a constipação

Disponível em alimentos

  • leguminosas (ervilhas, soja, tremoços e outros feijões)
  • aveia, centeio, chia e cevada
  • algumas frutas (incluindo figos, abacates, ameixas, ameixas, bagas, bananas maduras e a casca de maçãs, marmelos e pêras)
  • certos vegetais, como brócolis, cenoura e alcachofra de Jerusalém
  • tubérculos e tubérculos, como batata-doce e cebola (peles destas também são fontes de fibras insolúveis)
  • casca de semente de psílio (uma fibra solúvel de mucilagem) e sementes de linho
  • nozes, com amêndoas sendo o mais alto em fibra dietética
  • Alimentos integrais
  • farelo de trigo e milho
  • leguminosas como feijões e ervilhas
  • nozes e sementes
  • casca de batata
  • lignanas
  • vegetais, como feijão verde, couve-flor, abobrinha (courgette), aipo e nopal
  • algumas frutas, incluindo abacate e banana verde
  • as peles de algumas frutas, incluindo kiwis, uvas e tomates

Referência: Wikipedia, WebMD, MedlinePlus, HealthCastle

Artigo Anterior

Diferença entre Spice Stellar Pinnacle Pro e Nokia Lumia 620

Próximo Artigo

Diferença entre o preço de reserva e o preço inicial nos lances